Coleções

Skirpus (junco)

Skirpus (junco)


Em condições naturais skirpus encontrados em ilhas como a Sardenha e a Córsega. Esta erva tem um aspecto decorativo e os caules podem atingir os 100 centímetros de comprimento. Com o tempo, essa planta assume a forma de um arbusto esférico, que consiste em muitos galhos rastejantes, suculentos e fortemente entrelaçados.

As folhas são muito pequenas (0,5 centímetros de comprimento). Eles são assimétricos e de formato redondo. Os cortes finos são pintados em uma cor rosa pálido. As flores são bastante discretas.

Os skirps cultivados em casa não exigem cuidados. Os cultivadores experientes aconselham colocá-los nas imediações de aquários, em grandes banheiros, e esta planta também é excelente para compor composições com outras plantas que amam a umidade no jardim de inverno. Esta planta não caprichosa tornará qualquer composição incomum e eficaz. Vale lembrar também que o skirpus é capaz de regular o nível de umidade do ambiente.

Cresce bem em hidroponia e ionitoponia. Um pequeno skirpus em vaso pode ser imerso no fundo do aquário. Como resultado, você pode obter o efeito de um reservatório natural.

Panículas cortadas e secas desta planta podem adicionar originalidade a qualquer arranjo de flores de inverno. No verão, as panículas recém cortadas também são utilizadas na composição dos buquês, conferindo-lhes uma ternura única e o encanto especial das flores silvestres.

O tipo mais popular de cultivo interno é o junco (Scirpus cernuus). Este rizoma perene pode atingir uma altura de 20 centímetros. Prefere crescer em grupos, formando um grande número de folhas eretas verde-escuras. Spikelets, consistindo de numerosas flores pequenas, são coloridas de roxo. A planta floresce no meio do verão. Ele pode ser propagado dividindo o arbusto. É capaz de sobreviver a geadas médias e não precisa de cuidados. Eles podem decorar reservatórios não muito grandes, bem como áreas onde a terra tem alta umidade.

Cuidados Skirpus em casa

Iluminação

Não há requisitos especiais para iluminação, mas é melhor se a luz for forte e difusa. A este respeito, o skirpus é recomendado para ser colocado em uma janela orientada para o oeste. Na estação quente, você pode movê-lo para fora, mas não se esqueça de protegê-lo dos raios diretos do sol.

Regime de temperatura

Para que a planta se sinta normal, basta uma temperatura moderada. Portanto, na estação quente, não deve subir mais de 20 graus, e no inverno, deve cair menos de 8 graus.

Como regar

Ama muito a umidade. No verão, rega abundante é necessária, nesta época é recomendado colocar areia umedecida na panela e colocar uma panela em cima. Na estação fria, você precisa regar com menos frequência e menos. É impossível que a camada superior do substrato seque fortemente. A cobertura é realizada com fertilizantes complexos, que podem ser introduzidos tanto na forma líquida quanto na forma seca.

Umidade

É necessária alta umidade. Se o ambiente estiver quente, a planta deve ser pulverizada com a maior freqüência possível, pelo menos 2 a 3 vezes ao dia. Use água macia para isso.

Recursos de transplante

O transplante é realizado na primavera. Você precisa de um pote baixo e largo que seja preenchido com areia e terra na proporção de 1: 1. Antes do transplante, é necessário remover com cuidado todas as hastes crescidas demais. O excesso de raízes também pode ser cortado

Como propagar

Propagado durante todo o ano por brotos.

Possíveis problemas

As folhas estão secando - má rega, é necessário aumentá-la.

Raízes podres - alagamento do solo. É necessário normalizar a rega.


Cuidando de Reo em casa

Rheo é uma flor que se parece com Tradescantia. Seu gênero inclui apenas uma espécie de planta - Rhoeo discolor. Este nome está associado à cor colorida das folhas, mas existe outro nome que indica a peculiaridade das flores - Rheo spathaceae (Rhoeo spathaceae). A pátria da planta são as latitudes tropicais do México, o território das Antilhas, Flórida e parte da América Central.

As folhas da planta têm uma cor rosada incomum.


Cuidados internos com ciprestes

O cipreste é uma planta bastante caprichosa e caprichosa, porque nos locais onde cresce existe um clima húmido. Para o cultivo bem-sucedido em uma sala, é necessário garantir não apenas isso, mas também atender a uma série de outras condições.

Iluminação e temperatura

Em casa, o cipreste deve ser colocado em um local bem iluminado, mas sem luz solar direta. No inverno, ele precisará de iluminação adicional, pois, com a falta de iluminação, a planta perderá seu belo formato e se estenderá. Os peitoris das janelas norte ou leste são o melhor lugar para colocar ciprestes.

O calor e o sol escaldante são bem tolerados apenas por plantas adultas em terreno aberto. O cipreste caseiro dá uma sensação boa em uma temperatura de 20-24 graus e na presença de ar fresco. Se não for possível cultivar uma planta na varanda em dias quentes, coloque-a pelo menos perto da janela que se abre.

No inverno, o cipreste deve ser mantido em baixas temperaturas - 8-15 graus. Uma varanda isolada ou um peitoril de janela fria seria um local de armazenamento ideal. Quando colocado próximo a dispositivos de aquecimento, o cipreste pode morrer.

Cypress adora iluminação forte e alta umidade.

Umidade e irrigação

No verão, a planta precisa ser borrifada com água morna e estável várias vezes ao dia. A irrigação do início da primavera ao final do outono exige irrigação frequente - o solo deve estar sempre úmido, mas não úmido. No inverno, a frequência das regas é reduzida e é realizada a cada 7 a 8 dias, ou ainda com menos frequência, a umidade continua sendo mantida. Caso contrário, a planta pode perder suas folhas.

Solo e transplante

O cipreste deve ser plantado no solo para as coníferas. Você pode comprar um substrato pronto ou cozinhá-lo você mesmo: misture 2 partes de solo folhoso, bem como 1 parte de grama, turfa e areia grossa.

O diâmetro do vaso deve ser 3-4 cm maior do que o sistema radicular. Antes do transplante, o solo do vaso antigo deve ser umedecido para facilitar a remoção do caroço de terra. Uma camada de drenagem com 1/5 da altura do recipiente é colocada no fundo do novo pote. Para isso, pode-se usar seixos, argila expandida, cacos de cerâmica, tijolos quebrados ou espuma.

Ao plantar, você não precisa danificar o caroço de terra nas raízes e aprofundar o colo da planta. Depois de colocar o cipreste em um novo pote, os vazios são preenchidos com terra fresca e levemente socados. Após o plantio, a planta é regada e o excesso de líquido é drenado da panela.

É melhor transplantar no final de maio ou início de junho. Se você comprou cipreste no inverno, é melhor não esperar a primavera, mas transplantá-lo imediatamente para um solo fresco. As plantas jovens precisam ser replantadas anualmente, ciprestes adultos - a cada 2 anos.

Top curativo

As plantas coníferas devem ser alimentadas com cuidado. Os complexos universais não são muito adequados para eles. Os naturais, por exemplo, húmus, podem destruir o sistema radicular. Os ciprestes são fertilizados com um complexo de coníferas, diluindo a solução na metade da concentração. O top dress é aplicado uma vez por mês de maio a agosto - a partir do momento em que os cones aparecem até que estejam totalmente maduros. No inverno, a planta é alimentada trimestralmente.

Poda

Para dar uma bela forma à planta, a poda é realizada anualmente. Na primavera, os brotos velhos são podados e os jovens e longos são reduzidos à metade ou 1/3. Devido a este procedimento, o cipreste cresce mais ativamente, o sistema de nutrição melhora. Você precisa cortar a copa seca, não borrife a planta antes do procedimento.

A poda do cipreste pode ser formativa ou crespa. O primeiro permite simplesmente manter uma copa compacta da planta, o segundo é feito com uma tesoura especial. O cipreste pode ter a forma de uma bola, um cone ou uma espiral.


Cyperus home care

Cyperus (papiro) cresce facilmente em uma sala, mas isso não significa que a planta não deva ser cuidada com cuidado.

Pousar

Um arbusto crescido de papiro interno.

Cyperuses jovens são plantados em uma pequena tigela plana no solo adequado para a composição desta planta. A planta plantada deve ser bem regada, colocada em local bem iluminado, sem exposição direta ao sol. A planta enraíza-se rapidamente, o cyperus é uma cultura de interior muito grata, com plantio adequado e cuidado equilibrado, cresce fácil e rapidamente com folhas graciosas, tornando-se uma verdadeira decoração da sala.

Devido ao seu rápido crescimento, a planta requer um transplante anual em solo fértil, mas vale a pena escolher um vaso (tigela) baixo, mas largo, pois o rizoma do cipreste cresce em largura, enchendo rapidamente todo o volume do vaso de plantio.

Fertilização e alimentação

Tsiperus - os cuidados com as plantas continuam durante todo o ano, já que a cultura não tem um período de dormência pronunciado. O fertilizante para a cultura interna deve ser aplicado uma vez a cada 2 semanas, usando composições prontas para plantas decíduas decorativas. No inverno, vale a pena reduzir a alimentação para 1 vez por mês.

As folhas respondem muito bem à introdução de curativos foliares - é útil substituir o curativo de raiz uma vez por mês borrifando os nutrientes nas folhas. Para isso, use fertilizantes clássicos, diluídos várias vezes, formulações especiais para melhorar a cor das folhas, oligoelementos, medicamentos anti-stress. O tratamento das folhas com "Epin" ou "Zircão" é especialmente relevante no verão, quando a planta está exposta aos raios de sol escaldantes.

Reprodução

Enraizamento com folhas em substrato estéril.

A propagação despretensiosa de cyperus - planta é possível de várias maneiras, cada uma delas com suas próprias vantagens.

  1. Método de semente - a planta emerge facilmente de sementes que germinam quando é criada alta umidade. A semeadura pode ser realizada a qualquer momento com sementes frescas. Nos centros de jardinagem, você sempre pode comprar sementes para criar esta planta despretensiosa. Eles são semeados em tigelas rasas, que são preenchidas com solo comum, preparadas para o transplante de plantas adultas. As sementes são levemente pressionadas no solo, a tigela é coberta com filme plástico, expondo-a a um local quente e luminoso. Os brotos de incubação secam facilmente com o ar seco, portanto, as mudas devem receber alta umidade do ar e irrigação uniforme.
  2. Divisão de rizoma - arbustos de cíperos crescidos podem ser facilmente divididos cortando o rizoma em várias partes. Com uma faca afiada, o rizoma é cortado em pedaços, borrifando-se com carvão amassado as pontas cortadas. Delenki são plantadas em tigelas separadas em solo fértil.
  3. A reprodução por folhas é a forma mais interessante, pois cada folha pode dar mais de uma planta. Para isso, uma folha madura sem sinais de doença é cortada com uma parte do caule (cerca de 10 cm). O verticilo é colocado em um copo d'água para que as folhas fiquem submersas na água e o caule saia do copo. Durante a germinação, vale a pena monitorar cuidadosamente o nível da água para que o verticilo fique todo o tempo coberto de líquido. Uma planta cyperus madura pode crescer debaixo de cada folha, que são separadas na forma de raízes. Às vezes, o verticilo de folhas é plantado de cabeça para baixo diretamente no solo. As plantas jovens com um pincel crescem do substrato de terra em 1-2 meses.

Cyperus cresce rapidamente e com sucesso em casa, então esta flor pode ser encontrada na maioria dos amantes de plantas de interior.

Pragas e doenças

Infelizmente, a planta às vezes é atacada por pragas. Isso ocorre com cuidado indevido, quando espécimes enfraquecidos são presas fáceis de tripes, cochonilhas, cochonilhas, ácaros-aranha, bem como em verões quentes e secos.

É necessário realizar exames preventivos de plantas de interior pelo menos uma vez a cada 10 dias. Se for impossível reconhecer a infecção pela inspeção visual, use uma lupa. É especialmente difícil detectar uma infestação por ácaros - pragas microscópicas gostam de se esconder de dentro das folhas.

O tratamento de folhas com inseticidas ajudará a se livrar rapidamente de pragas, entre as quais Fufanon, Fitoverm, Aktellik, Aktara dão um bom efeito.


Livrando-se de pragas

O sino da campânula pode ser afetado por ácaros e bainhas. O controle de pragas deve ser realizado pulverizando a planta com um agente inseticida: Fitoverm, Sunmight ou Flumite. Eles podem ser adquiridos em lojas especializadas. As instruções de uso estão indicadas na embalagem do produto.

Você pode tentar se livrar do ácaro-aranha na campânula usando métodos caseiros. É necessário aumentar a umidade do ambiente, já que essa praga não tolera muita umidade, e então a planta é borrifada com água e sabão. É especialmente importante que caia na parte inferior das folhas.


Assista o vídeo: Junco