Coleções

Variedades de pêra orvalho de agosto - a escolha de um jardineiro

 Variedades de pêra orvalho de agosto - a escolha de um jardineiro


A primavera e o outono são uma estação quente para os jardineiros. É nesse período que as árvores frutíferas são plantadas. O problema de escolher uma variedade surge agudamente: sua variedade moderna torna difícil a escolha. Conhecendo as características da variedade de pêra August dew, suas vantagens e desvantagens, torna possível até mesmo para um iniciante entender se esta pêra é adequada para o cultivo em uma determinada região.

Descrição da variedade

A pêra da variedade Avgustovskaya dew foi cultivada por S.P. Ele se deparou com a tarefa de desenvolver uma cultura que combinasse a resistência ao frio do inverno e às doenças com maturação precoce, alto rendimento e excelente sabor de frutas. Para isso, o criador utilizou peras das variedades Tenderness e Triumph Pakgama. O primeiro se diferencia pela resistência ao frio e resistência a fatores ambientais adversos, e o Triumph Pagkama - pelas frutas de alta qualidade.

O orvalho baixo de pêra em agosto é excelente para grandes plantações de horticultura e pequenas fazendas familiares

A variedade pertence à categoria verão. Distingue-se pelo amadurecimento precoce (o amadurecimento da pêra ocorre em algumas regiões a partir de meados de julho) e pelo curto prazo de validade dos frutos (de vários dias a dois meses).

A aparência da árvore

O tamanho da planta é pequeno, sua altura é de apenas 2–2,5 m, às vezes 3 m. Isso é compensado pelo crescimento ativo. Os ramos do esqueleto são direcionados quase em ângulos retos com o tronco. A casca é lisa, marrom-acinzentada. A coroa é ligeiramente inclinada, meio espessa. A forma das folhas verde-escuras é oblonga, com bordas recortadas. A lâmina foliar é de tamanho médio, sua superfície externa é lustrosa. Cada inflorescência contém até 10 flores brancas de tamanho médio com pistilos longos e bem visíveis.

Cada inflorescência contém 7-10 flores brancas de tamanho médio

Características da fruta

As peras são de tamanho médio, geralmente 120-150 g. Às vezes chegam a 200 g. Na fase de maturação, adquirem uma cor verde-amarelada. Às vezes, há pêras com um blush rosa nas laterais. A polpa do fruto é branca, friável, escorrendo suco e possui estrutura de grão fino. O sabor é dominado pela doçura. Isso se deve à presença de açúcares (até 8%), mas também há um leve acidez. O orvalho de agosto pertence às variedades de mesa, é adequado tanto para consumo fresco como para conservas caseiras.

Peras maduras de orvalho de agosto, de cor amarelo-esverdeado com um rubor quase imperceptível

Características distintivas da variedade

  1. Baixa estatura relativa, o que torna a planta adequada para o plantio em pequenas áreas e facilita a colheita.
  2. Crescimento rápido e formação de rebentos em comparação com outras variedades.
  3. Os ramos esqueléticos estão localizados quase perpendiculares ao tronco.
  4. Alto rendimento, boa tolerância ao frio, resistência a insetos nocivos e doenças.

Tabela: vantagens e desvantagens da variedade

prósMinuses
Maturidade precoce e rápido desenvolvimentoA necessidade de polinizadores (embora uma pêra seja considerada autofértil, sem um polinizador, o rendimento pode ser baixo)
Colheitas abundantes (mesmo a primeira colheita pode chegar a 15 kg de frutas)Requer poda frequente devido ao rápido crescimento da planta
Resistência de invernoDiferenças significativas no peso do fruto, o que é especialmente típico com colheitas abundantes.
Tolerância à secaDesigualdade da colheita por estações (anos magros são possíveis)
Boa resistência a doenças
Excelente sabor a fruta, versatilidade de aplicação

Pousar

O bom desenvolvimento das árvores e a produção abundante dependem diretamente do plantio adequado e dos cuidados adequados.

Escolhendo um local de pouso

Em primeiro lugar, a escolha de um local para plantar uma futura árvore é importante. É preciso lembrar que a pêra é uma planta termofílica, por isso não cresce à sombra. O local deve ser bem iluminado pelo sol e protegido das rajadas de vento frio. Assim, o local ideal para plantar uma pereira é uma área ensolarada e bem iluminada com uma cerca (como uma cerca ou prédio) para protegê-la das correntes de ar.

A quantidade de luz solar é muito importante. Se não houver luz suficiente, o nível de frutificação e o sabor das peras diminuem.

A pêra cresce bem em áreas ensolaradas

A árvore crescerá melhor em argila ou argila arenosa. Se o solo for dominado por areia, a planta terá que ser fertilizada anualmente. O alto teor de argila do solo não é adequado para este tipo de pêra.

A água subterrânea deve estar a uma profundidade de pelo menos 2 m.

Uma muda de pêra é plantada na primavera ou no outono. O plantio de outono (início de outubro) é considerado a melhor opção. Se não foi possível fazer isso no outono, você pode adiar o evento para meados da primavera.

Seleção de mudas

Para obter a variedade certa, é melhor comprar plantas de viveiros especializados. Uma boa muda viável tem raízes fortes, longas e vivas (não secas) e um tronco reto e uniforme sem danos. Não deve haver crescimentos ou inchaços nas raízes. No corte, sua cor é branca. A idade de uma muda apta para o plantio não passa de dois anos.

Mudas de pera devem ser adquiridas em viveiros especializados.

Plantando uma muda de pera passo a passo

  1. Cave uma cova de plantio; não deve ser pequena (profundidade cerca de 0,5 m, diâmetro - 1 m).

    O tamanho do caroço para uma muda de pêra não deve ser menor do que seu sistema radicular

  2. Na cava acabada, é necessário colocar uma mistura de fertilizantes. Para um balde de esterco podre, você precisa adicionar 35 g de nitrato de amônio e 70 g de sulfato de potássio. Essa mistura é adicionada ao fundo, misturando-se com o solo e preenchendo até 2/3 do volume total da cova cavada.
  3. Uma muda com raízes esticadas deve ser colocada no centro da cova, fixando um pino próximo a ela para a formação adequada da árvore.
  4. Polvilhe as raízes com terra, certificando-se de que permanecem esticadas e não permitindo que o colar da raiz adormeça. Limpe bem o solo e regue a planta.

    Na fase final do plantio, a terra deve ser socada

  5. Amarre uma árvore a uma estaca, que será seu suporte.

Vídeo: instruções para plantar peras

O orvalho de pêra de agosto é considerado autopolinizado. Mas a presença de um polinizador na vizinhança (por exemplo, a variedade Pamyati Yakovlev) aumentará várias vezes a quantidade de colheita. Ao plantar árvores frutíferas, é necessário manter um intervalo de 3-4 m.

Cuidando de peras da variedade de orvalho de agosto

Para que a muda enraíze-se rapidamente após o plantio e se desenvolva bem no futuro, devem ser seguidas recomendações de cuidados.

Rega

Embora a pereira seja tolerante à seca, ainda precisa de rega adicional. Isso é especialmente verdadeiro para a muda nos primeiros anos de vida. A quantidade de rega depende da precipitação e da temperatura do ar. Recomenda-se regar a muda de pêra com um balde cheio de água uma vez por semana.

A rega das peras é um procedimento obrigatório para se obter uma boa colheita e prevenir doenças.

A rega ativa da pêra é necessária nos meses de verão, desde então, os futuros botões dos frutos são lançados. No futuro, a umidade deve ser reduzida para não ativar o crescimento da árvore antes do início do frio.

É preciso prestar atenção à irrigação por aspersão - os jardineiros dizem que uma muda dessa variedade com esse tipo de irrigação cria raízes mais rápido e melhor após o plantio.

Poda

A poda é um procedimento que afeta o crescimento, o desenvolvimento e a frutificação, o que é importante no cultivo de variedades de pêra de crescimento rápido, como o orvalho de agosto.

Poda primaveril - formativa e higiênica. Seu objetivo é retirar os ramos que engrossam a copa, bem como ressecam e danificam no inverno. Com essa poda, os brotos são encurtados em cerca de um quarto do comprimento (além dos danificados e secos, que são totalmente removidos).

Estágios de modelagem da poda da pêra:

  1. No plantio de uma muda, o início da formação da futura copa é sua poda em cerca de um terço de seu comprimento.
  2. No segundo ano de plantio, você precisa selecionar vários dos maiores brotos (geralmente 4), que serão a base da copa - os ramos esqueléticos da primeira camada. Eles devem ser posicionados a pelo menos 45 graus em relação ao tronco e de forma que um “anel” seja formado ao redor do condutor central. Esses ramos são cortados em um quarto de seu comprimento, o resto é cortado completamente.
  3. No terceiro ano de vida, é necessário formar a segunda camada de ramos esqueléticos. A distância entre as camadas deve ser de 40 cm. Você também deve escolher 4-5 ramos e encurtá-los em um quarto do comprimento. O tronco central também é aparado. Além disso, todos os brotos que crescem verticalmente ou dentro da copa são removidos. Os ramos da primeira camada são cortados em 25 cm.
  4. A poda subsequente visa manter a copa no seu estado original: rebentos jovens, ramos que engrossam a copa e copas, são retirados ramos doentes e secos.

A poda formativa visa a obtenção de tal copa em que a maior parte dos brotos esteja na posição horizontal ou semi-horizontal.

A poda de outono visa remover ramos doentes e danificados durante o verão para facilitar o inverno da árvore. A formação da coroa não é realizada no outono.

Após qualquer poda, os cortes dos galhos devem ser processados ​​para prevenir infecções e pragas, bem como para uma cicatrização mais rápida. Normalmente usado var ou óleo secante em uma base natural.

Vídeo: poda primaveril de peras Orvalho de agosto

Fertilizantes

A frequência de alimentação da pêra depende do solo em que a árvore cresce. A fertilização anual é necessária se o solo for arenoso. Em solos argilosos e franco-arenosos, é suficiente a fertilização realizada uma vez a cada 2 anos.

O esquema de alimentação de pêra é o seguinte:

  1. Na primavera, em abril-maio, dependendo da região de cultivo, fertilizante orgânico (estrume, húmus) é aplicado a uma taxa de 1-2 kg de matéria orgânica por 1 m2 círculo de tronco.
  2. Na floração, uma solução de 0,1% de ácido ortobórico deve ser adicionada em uma quantidade de 10 g por cada 10 litros de água sob uma planta.
  3. No outono, após a queda das folhas, é necessário sustentar a árvore com o auxílio de um complexo de fertilizantes minerais com alto teor de potássio e fósforo (para 10 litros de água, 1 colher de sopa de cloreto de potássio e 2 colheres de sopa de superfosfato). Além disso, você pode adicionar cinzas (1 colher de sopa. Por 1 m2 círculo do tronco) ao cavar.

Ao alimentar, é preciso lembrar que não só a falta, mas também o excesso de fertilizantes podem ser prejudiciais para a árvore.

Preparando peras para o inverno

A preparação para o inverno é uma atividade importante que determina a capacidade de uma árvore de suportar com êxito as condições desfavoráveis ​​do inverno. Consistem em podar, colher frutos e folhas secas, caiar o tronco e os ramos principais.

A caiação é feita com cal ou tintas adequadas. Essa preparação protege contra a radiação solar intensa e evita queimaduras no inverno e na primavera.

Lavar a casca de uma árvore é a chave para o sucesso do inverno de uma pera

Doenças e pragas

A pêra da variedade Augustow dew é suscetível a algumas doenças das árvores frutíferas, embora com os devidos cuidados e assistência oportuna se recupere rapidamente.

Tabela: principais doenças

DoençaSinaisMétodos de controle e prevenção
Câncer negroRachaduras e feridas abertas se formam na casca da árvore, com o aparecimento de manchas marrons ao redor delas. Manchas vermelhas aparecem na folhagem e nos frutos.
  1. Queima de frutas infectadas e folhas suscetíveis a doenças.
  2. Remoção da casca com focos da doença (com auxílio de faca de jardim) com posterior tratamento com solução de sulfato de cobre (35 g por 1 litro de água).
  3. Lubrificação das áreas tratadas com mistura de argila e verbasco.
OídioManchas semelhantes a farinhas aparecem nas flores e folhas, que subsequentemente crescem e mudam de cor de esbranquiçada para marrom-violeta.
  1. Frutas e folhas queimadas afetadas por doenças.
  2. Na época da folhagem, pulverizando com preparações especiais (por exemplo, Topaz, Skor na taxa de 2 ml por 10 litros de água).
  3. Pulverizar durante o período de floração com uma solução de enxofre coloidal (Hom).
  4. Rega regular.
Doença do mosaicoAs folhas são cobertas por manchas amarelas, verde-amareladas ou verdes claras.Destruição de uma árvore infectada para evitar que o vírus do mosaico entre em outras árvores. A prevenção consiste em um exame minucioso das mudas no momento da compra.
Podridão de frutaNos frutos aparecem manchas brancas e marrons, que crescem gradativamente. As peras caem ou mumificam.
  1. Poda completa de todos os ramos afetados.
  2. Remoção de fetos doentes.
  3. Tratamento de uma árvore durante e após a floração com preparados Hom ou Oxyhom (40 g por 10 l de água).
FerrugemNos ramos e folhas, manchas de laranja ou amarelo são formadas com pontos pretos no centro.
  1. Poda completa de todos os ramos afetados, coleta e queima das folhas caídas.
  2. Pulverização dupla com solução de Bordéus a 1%: durante a abertura das folhas e após o final da floração.
  3. Após a queda das folhas, pulverizar com uma solução de ureia (700 g por 10 l de água).

Galeria de fotos: doenças da pêra e seus principais sintomas

Tabela: pragas de pêra orvalho de agosto

PragaSinaisMedidas de controle e prevenção
HawthornO aparecimento de ramos nus, nos quais os insetos se movem são perceptíveis.
  1. Tratamento com inseticidas químicos (Karbofos, Norma, Aktofit: 20 g por 10 litros de água) antes da abertura dos botões.
  2. Recolha e queima de folhas caídas, destruição de ninhos de insetos.
Mariposa peraOs frutos caem antes de amadurecer. Eles se deterioram rapidamente.Tratamento com Fitoverm na proporção de 2 ml por 5 litros de água (ou preparações inseticidas semelhantes).
MedianitsaA presença de folhas amarelas torcidas. Queda em massa de botões de flores e ovários. Desaceleração do crescimento das plantas.
  1. Tratamento com preparações inseticidas Norma, Decis, Fitoverm (1 g por 10 l de água).
  2. Remoção de crescimentos da árvore.
  3. Recolha e queima de folhas caídas.
Ácaro da peraO aparecimento na folha de tumores e neoplasias vesiculares de cor castanha (galhas). As folhas secam e caem em grandes quantidades
  1. Pulverizar com preparações acaricidas, por exemplo Vermithek (5 ml por 10 l de água): durante o aquecimento da primavera, depois que a árvore murcha e frutifique.
  2. Limpeza e queima de folhas caídas.
Mosca viscosaOvos de insetos estão presentes no verso das folhas danificadas.Após a colheita, pulverizar com soda (para 10 litros de água 40 g de sabão em pó e 50 g de carbonato de sódio) ou Karbofos, repetindo o procedimento em uma semana.

Galeria de fotos: insetos e ácaros - pragas de pera

Colhendo e usando a safra

O orvalho de agosto é uma variedade de pêra de crescimento rápido. Isso significa que a colheita está madura em meados de agosto. A primeira frutificação geralmente ocorre no terceiro ano, com menos frequência no quarto ano de vida da planta. O formato do fruto é curto em formato de pêra. Eles são cobertos por uma pele lisa e densa. Na fase de maturação técnica, a cor do fruto é verde, posteriormente passando para verde-amarelado com um rubor opaco (estágio de maturação do consumidor).

A colheita é importante em tempo seco. A melhor opção para armazenar as peras colhidas são caixas de madeira abertas ou recipientes de plástico.

Pêra orvalho de agosto é ótimo para compotas aromáticas, suco natural ou compota caseira

O armazenamento a longo prazo de peras desse tipo é impossível. O período máximo em local fresco é de até três meses. As frutas são ótimas para enlatar em casa, mas são consumidas principalmente frescas. Não vale a pena secá-los, pois o orvalho de agosto é muito suculento. É melhor utilizá-los para o processamento e obtenção de sumos, compotas, compotas e conservas.

Críticas de jardineiros

A variedade recebeu uma excelente avaliação dos jardineiros que já cultivam o orvalho de agosto em seus quintais. Eles apreciaram o cuidado fácil, a resistência a doenças e a relativa robustez de inverno da pêra. E o sabor da fruta faz do orvalho de agosto uma variedade que atrai cada vez mais a atenção dos entusiastas da fruticultura.


Mundo Verde

As peras são classificadas nas variedades de verão, outono e inverno. Esta é uma árvore mais termofílica e caprichosa do que uma macieira, então nem todo jardineiro amador a tem no jardim.

As variedades de verão incluem a variedade de pêra Augustovskaya dew, Severyanka de bochechas vermelhas, Chizhovskaya, Thumbelina, Petrovskaya e outras. As espécies de verão são divididas em variedades de maturação precoce (junho, meados de julho) e média (agosto).

A variedade de pera Avgustovskaya dew foi criada pelo Instituto de Pesquisa Genética e Reprodução Michurin All-Russian como uma espécie resistente ao inverno no verão, pelo criador Yakovlev. Para desenvolver uma nova variedade, ele cruzou o Triunfo Australiano de Pakgum com Ternura. O resultado é uma árvore baixa com copa de densidade média e maior produtividade. A altura da pera de orvalho de agosto é de 2–2,5 me tem uma copa um tanto inclinada.

Os ramos do tronco desta variedade ramificam-se quase em ângulos retos, têm uma superfície lisa acinzentada. A árvore tem uma maior capacidade de despertar de botões. A variedade se espalhou e se tornou popular desde 2002 entre os residentes de verão da Região Central da Terra Negra.

  • O plantio de mudas de pera requer uma abordagem séria na escolha do material de plantio. Deve ser feito a favor de mudas de um a dois anos. Também é importante verificar a qualidade das raízes e a resistência do tronco.
  • Antes do plantio é feito um buraco que é maior que o sistema radicular da muda, o principal é que a terra fique solta. Para a correta formação do tronco, uma estaca é cavada no mesmo buraco a 30 cm de seu centro.

    A distância entre as árvores deve ser escolhida com base no tipo de copa que formam. Por exemplo, a pêra de orvalho de agosto, as avaliações dos jardineiros confirmam, tem uma pequena copa, de modo que a distância entre as mudas pode ser de até 5 m. Para variedades com ramos espalhados, pode demorar até 7 metros.

    Para que a muda não desapareça, deve-se pensar imediatamente em regar de boa qualidade. Se o jardim estiver localizado em uma área com clima quente e pouca chuva, você pode cavar um sulco ao redor da árvore e enchê-lo de água. Para evitar a erosão do sistema radicular, a água deve ser fornecida gradualmente. Orvalho de pêra de agosto (comentários de residentes de verão dizem isso) é bem aceito quando a irrigação por pulverização é estabelecida.

    Outro fator importante para que a árvore cresça mais rápido e ganhe força é a poda. Para uma muda de um ano, a poda da primavera deve ser cerca de meio metro do solo. Se ele tem dois anos, é necessário remover o excesso de brotos verticais na primavera. Também é importante afrouxar constantemente o solo.


    Vantagens e desvantagens da variedade

    O orvalho de agosto tem vantagens e desvantagens que você deve conhecer com antecedência, antes de crescer.

      O orvalho de agosto resiste perfeitamente até mesmo às geadas mais severas, o que significa que pode ser cultivado com segurança nas condições da Sibéria

    resistente ao calor, à seca, o que possibilita o cultivo em áreas com pouca chuva

    elevada resistência da pêra aos danos de pragas e doenças, para o que basta tomar medidas preventivas

    alta taxa de maturação precoce: após três anos, a planta está constantemente dando frutos

    excelente rendimento de peras Orvalho de agosto, mesmo em épocas ruins: você sempre pode obter pelo menos 15 kg por árvore

    simplicidade na tecnologia agrícola torna a variedade adequada para cultivo e iniciantes

    com cuidado imperfeito (e mesmo desatenção para cuidar) pêra O orvalho de agosto mantém seu sabor forte.

    • incapacidade de armazenar frutas durante o inverno
      no caso de um rendimento muito elevado, os frutos podem diferir na aparência: na forma, no tamanho.
    • A irregularidade dos frutos neste último caso é facilmente compensada por um alto rendimento. Além disso, quando as frutas são cultivadas para venda, não ficam muito tempo nas gôndolas e, portanto, não têm tempo de se deteriorar.


    Recursos de cuidado

    Plantar mel de pêra

    Esta variedade de pêra pertence a plantas autoférteis que precisam de polinizadores. Para a polinização, devem ser selecionadas plantas que floresçam e frutifiquem ao mesmo tempo que a pêra mel. Para isso, as culturas das variedades Chudesnitsa e Tavricheskaya são adequadas.

    Para o plantio de peras mel, é necessário o lado sul da horta, protegido do vento e da corrente de ar. O solo deve ser arenoso ou franco-arenoso.

    Recomenda-se plantar mudas no outono, quando o clima está quente, para que as plantas possam criar raízes. As plantas jovens também podem ser plantadas na primavera, quando a neve derreteu. Para o plantio, é melhor escolher mudas anuais e bienais.

    Mesmo os jardineiros com pouca experiência podem determinar facilmente a idade de uma muda:

    A altura das mudas anuais não ultrapassa um metro, não apresentam brotações laterais, os botões localizam-se apenas a meio do tronco.

    As mudas bienais chegam a atingir um metro e meio de altura, a casca do tronco é lisa, as raízes são limpas, até 30 centímetros de comprimento,

    Rega

    A pêra requer rega oportuna, uma vez que a planta adora uma quantidade moderada de umidade. Durante a temporada, a planta é regada 4 vezes. Se o verão for seco, a quantidade de rega deve ser aumentada. Para plantas jovens, é necessária uma hidratação mais frequente.

    Para regar adequadamente, você deve cavar sulcos de até 15 cm de profundidade ao redor da árvore, que são preenchidos com água.

    Top curativo

    Para o crescimento e desenvolvimento das peras, é necessária a aplicação de fertilizantes minerais e orgânicos. O mel de pêra responde bem à introdução de turfa, húmus, esterco e fezes de aves.

    O revestimento de cobertura não precisa ser aplicado no solo. Você pode aplicar fertilizantes por método foliar. Deve ser feito com muito cuidado para não queimar as folhas. Como curativo foliar, fertilizantes de nitrogênio e uréia são aplicados na primavera e no verão.

    Para preparar a planta para o frio do inverno, é recomendável adicionar sulfato de potássio no final de agosto ou início de setembro. O curativo foliar é realizado pela manhã ou à noite.

    Poda

    A poda é uma parte essencial do cuidado com as plantas. A poda aumenta a iluminação dos ramos inferiores, o que ajuda a aumentar a produtividade. Os ramos são podados na primavera ou no outono. A poda sanitária ocorre durante o verão.

    A copa da planta não requer formação adicional. Na poda, sobram 8 a 10 ramos do esqueleto, direcionados em um ângulo de 60 graus, enquanto a largura da copa não deve ultrapassar três metros, e a altura - 4 metros.

    Se uma coroa de espinhel é formada, então até 5 ramos fortemente formados são selecionados e os brotos em excesso são removidos ao longo do anel. Na próxima temporada, a próxima camada deve ser feita dessa maneira. Os rebentos fortes devem ser encurtados em 1/4 do comprimento.

    Durante o período de verão, as partes superiores dos brotos jovens devem ser removidas da planta. Isso diminuirá seu crescimento em comprimento. A fixação é realizada durante todo o verão, uma vez a cada 10 dias.

    No outono, deve-se fazer uma poda sanitária, durante a qual são retirados os ramos doentes e ressecados. Os locais de corte devem ser tratados com verniz de jardim.

    Preparando-se para o inverno

    A variedade mel de pêra é resistente às geadas de inverno. Nenhuma preparação especial da planta para o inverno é necessária. Basta tratar o tronco da planta com cal apagada ou giz para protegê-la de roedores e pragas. Também é recomendado amarrar o tronco para fornecer proteção adicional contra roedores.


    Pêra "orvalho de agosto": características e descrição da variedade, vantagens e desvantagens, comentários

    Hoje existe uma grande variedade de variedades de pêras, cujo número só cresce a cada ano. Todo jardineiro deseja escolher uma árvore doce que dê frutos abundantes e também seja despretensiosa e fácil de cuidar.

    Um desses representantes é a pêra de orvalho de agosto, apreciada por um grande número de jardineiros, agrônomos e agricultores. Em nosso artigo falaremos sobre as vantagens e desvantagens, as peculiaridades do cuidado e cultivo de uma muda, bem como a escolha da muda certa para o plantio.

    Descrição da variedade de pêra "orvalho de agosto"

    Pêra "orvalho de agosto" refere-se a variedades de verão. Projetado para cultivo na região Central da Terra Negra. Foi criado como resultado de cruzamento variedades de peras "Ternura" e "Triumph Pakgam".

    É interessante notar que a variedade criada combinou todas as qualidades positivas de seus pais: de "Ternura" obteve excelente resistência a doenças e geadas, e de "Triumph Pakgam" - frutificação abundante e excelente sabor de frutas.

    A variedade foi cultivada graças aos inúmeros trabalhos do criador S.P. Yakovlev. no Instituto Russo de Pesquisa de Genética e Melhoramento de Plantas em homenagem a Michurin I.V.

    Altura da pêra "August Dew" pode atingir até três metros de altura. Frutificando todos os anos, a partir do quarto ano após o plantio das mudas. Os indicadores da abundância de frutificação são altos - até 200 centners por hectare na idade mais produtiva.

    [su_box title = "Nota" style = "vidro" box_color = "# 4573D5 ″ radius =" 5 ″]

    A primeira colheita, via de regra, raramente ultrapassa 15 quilos por árvore. Tolera perfeitamente as estações frias, típicas da região de cultivo.

    A planta é resistente às doenças mais comuns. Excelente habilidade à formação de novos brotos e ao despertar dos botões.

    Descrição da estrutura da árvore

    • a casca da árvore é cinza claro, a estrutura é lisa
    • a coroa rebaixada é caracterizada por uma densidade média
    • ramos são retos. Os frutos estão localizados em anéis curtos e longos e lanças
    • os rebentos são coloridos em tons de castanho claro, largos, com rebentos curvos. A grande maioria das lentilhas em miniatura
    • o formato dos rins é cônico e de tamanho médio, ligeiramente curvado para o lado
    • as folhas são oblongas ovais ou ovóides com uma base em forma de cunha de cor verde escura. Valor médio com bordas irregulares. Estípulas de sabre em miniatura
    • pecíolos são de tamanho médio e espessura
    • as flores brancas são miniaturas e em forma de azul, as sépalas são oblongas e direcionadas para o pedúnculo. Os pistilos são longos, significativamente mais altos do que as serras. Cerca de 7 a 10 flores são formadas em uma inflorescência.

    Características de frutos de pêra "orvalho de agosto"

    • os frutos são de tamanho médio. Cada peso varia de 100 a 200 gramas. Forma - em forma de pêra, sem nervuras
    • a casca do fruto é macia e lisa, sobre a qual se localizam os pontos. na maturidade, a cor do fruto é verde ou amarelo-esverdeado com um leve "blush" na parte da fruta que foi exposta ao sol
    • a polpa é branca, de grão fino. Sabor qualidades doces e azedas com uma textura incrivelmente delicada
    • o pedúnculo é caracterizado por uma forma curva e longa, bastante larga
    • formato de funil pequeno - cônico
    • copo miniatura e fechado
    • pires em miniatura, ligeiramente alargado, a forma com nervuras é característica
    • o núcleo é bastante grande e em forma de cebola
    • sementes fechadas, tamanho médio
    • excelente sustentação da árvore
    • amadurecimento dura até meados de agosto - início de setembro
    • a duração do armazenamento e uso dos frutos maduros não ultrapassa duas semanas
    • o propósito da pêra é uma mesa
    • o melhor polinizador de árvores é a variedade de pêra "In Memory of Yakovlev".

    Vantagens e desvantagens da variedade "August Dew"

    Com base nas descrições declaradas e inúmeras análises de agricultores, jardineiros e agrônomos, podemos destacar a seguinte lista de vantagens desta variedade:

    1. Excelente resistência ao frio
    2. Despretensioso para as condições de cultivo, incluindo curta seca
    3. Alta taxa de frutificação
    4. A duração do amadurecimento é curta, variedade de maturação precoce
    5. Excelente apresentação, custo-benefício
    6. Boa resistência da cultura às doenças e pragas mais comuns
    7. A colheita colhida é versátil no uso: a partir dos frutos pode-se fazer compotas, geléias ou fazer um preparo de frutos secos. Sabor excelente.

    Quanto às desvantagens, deve-se notar que com uma abundância excessiva de frutos, forma-se heterogeneidade de frutos.

    Propriedades úteis e danos

    Um grande número de propriedades úteis estão concentradas nas peras "August Dew". As frutas são úteis não só para crianças, mas também para adultos: não causam reações alérgicas, sensação de desconforto nos intestinos e têm um efeito benéfico no corpo humano.

    A ingestão regular de frutas frescas ajuda a aumentar a imunidade. Uma pêra por dia é uma medida preventiva confiável para resfriados e gripes.

    A pêra e todos os seus derivados são usados ​​ativamente na medicina popular para tosse, febre, inflamação nos órgãos do aparelho geniturinário, bem como para doenças de pedra. Assistente eficaz no tratamento de fungos e dermatites.

    A composição da pêra inclui:

    • O cobalto é um elemento que tem efeito benéfico sobre o funcionamento dos rins e da glândula tireóide. Acumula hemoglobina e promove rápida absorção de ferro
    • A vitamina C ajuda a fortalecer o sistema imunológico e aumentar a elasticidade do sistema vascular
    • O potássio tem uma função protetora do coração e promove a rápida regeneração celular. Previne a formação de edema
    • A vitamina K é uma excelente fonte de cálcio
    • O enxofre tem um efeito benéfico na condição da pele, cabelo e unhas
    • A vitamina B9 é um participante direto nos processos de hematopoiese
    • A fibra ajuda a reduzir o nível de colesterol "ruim" no sangue e normaliza a microflora intestinal. Combate eficazmente a constipação e estimula o apetite.

    Não recomendado introduza peras em sua dieta para as pessoasque foram diagnosticados com colite, gastrite e úlceras. Frutas verdes para crianças e idosos podem ser perigosas por si mesmas.

    Como escolher o talo certo?

    A qualidade do material de plantio - esta é a garantia da colheita futura. Para adquirir a muda "correta", você deve se familiarizar com as seguintes regras:

    1. A variedade de pêra "August Dew" é destinada ao cultivo nas regiões centro e sul com terras férteis - solo preto, então você deve aguardar a colheita e torcer para que a cultura crie raízes se todas as condições climáticas favoráveis ​​forem atendidas
    2. Recomenda-se a aquisição de material de plantio apenas em viveiros especializados para evitar engano ou aquisição de outra variedade ou mesmo de uma árvore em geral.
    3. Atenção especial deve ser dada às raízes das estacas - frescas, não secas ou congeladas. Quanto mais longo (a partir de 0,3 metros) e mais espalhado for o rizoma, maior será a probabilidade de a planta criar raízes
    4. Se a integridade da raiz for violada, o interior deve ser branco. Uma mudança no tom da cor indica que a planta está murcha ou congelada.
    5. A raiz deve ser examinada cuidadosamente para áreas inchadas que indicam doença (câncer de raiz)
    6. O cano deve estar reto e não danificado
    7. A muda não deve ter mais de dois anos.

    Plantar uma muda

    Além da escolha do material de plantio, é preciso preparar qualitativamente o solo para o plantio - essa é a chave para a sobrevivência da cultura.

    É necessário pré-enriquecer o solo na cova com a ajuda de fertilizantes minerais ou orgânicos complexos. A árvore de orvalho de agosto tem uma copa pequena, então o intervalo entre as mudas é de 5 metros.

    Recomenda-se plantar estacas no outono ou na primavera. Independentemente da temporada de desembarque, a tecnologia de plantio de mudas é idêntica:

    • Prepare o fosso. O diâmetro deve ser de no mínimo um metro e a profundidade deve ser de 50 cm.O sistema raiz deve estar livremente localizado nele
    • Adicione fertilizantes (recomenda-se o uso de húmus, potássio ou nitrato)
    • Espalhe o sistema raiz
    • Polvilhe a muda com terra para que o colo da raiz desapareça sob o solo. Então nós socamos completamente a terra e regamos abundantemente (pelo menos 3 baldes).

    Cultivando e cuidando da pera de orvalho de agosto

    • Lavoura: Pouco antes de regar, é recomendado remover todas as ervas daninhas e soltar completamente o solo.
    • Rega: cerca de 5 vezes durante o verão (1 balde = 1 árvore). Regue a árvore lentamente para que o colo da raiz e o próprio sistema radicular absorvam água. No tempo seco, recomenda-se regar a cultura duas vezes: de manhã e à noite, meio balde de cada vez.
    • Poda: a cada primavera é necessário remover os brotos verticais a meio metro do solo. A poda de uma planta no outono pode levar à morte da cultura - os cortes podem não ter tempo de cicatrizar antes da geada. Não vale a pena descuidar dessa manipulação, pois o tamanho e a concentração do teor de açúcar dos frutos dependem da circuncisão.
    • Cobertura: essa variedade adora fertilizantes orgânicos, que incluem todos os ingredientes de que uma árvore precisa para seu crescimento e desenvolvimento adequados. Recomendado para 1 sq. m. da seção próxima ao caule, não aplique mais do que 2 kg de estrume.
    • A alimentação é recomendada na primavera, todos os anos. No outono, após a queda das folhas, recomenda-se a aplicação de fertilizantes nitrogenados ou esterco no solo.
    • Preparação para o inverno: no final do outono, recomenda-se tratar a árvore com uma solução de calcário. Isso manterá a casca longe da luz do sol e de pragas que gostam de se banquetear com a casca.
    • A colheita, via de regra, cai em agosto-setembro, levando em consideração as condições meteorológicas e climáticas. Quanto mais velha a árvore, mais abundante dá frutos.
    • Guarde as frutas por no máximo duas semanas em um local escuro e fresco ou na geladeira.

    Doenças e pragas

    Doenças / pragas Sinais Manipulações preventivas
    Câncer negro Formação de feridas abertas e fissuras na casca com manchas marrons características ao redor, manchas vermelhas nos frutos e folhas. - remoção de frutas e folhas afetadas - remoção das áreas afetadas da casca com uma faca (recomenda-se capturar até 2 cm de tecido saudável para o caso) - tratar feridas com sulfato de cobre na proporção de 35 gramas por 1 litro de água - Desinfecção das áreas afetadas com uma mistura de verbasco e argila.
    Oídio Formação de formações pulverulentas nas folhas e flores, que adquirem tonalidade cinza-violeta. - destruição das áreas afetadas da planta - tratar a planta com Tomaz, de acordo com as instruções de uso.
    Podridão de fruta Manchas marrons nas frutas, ressecando e caindo. - remoção dos frutos afetados - pulverização da planta após a floração com Oxyhom, de acordo com as instruções
    Pragas de insetos Secagem de brotos e folhas. - coleta mecânica de pragas - como medida preventiva, na primavera, pulverizar a planta com Nitrafen (300 gramas por balde de água).

    Este ano, pela primeira vez, o nosso "August Dew" deu dois frutos. Segundo as avaliações, a variedade é excelente, mas o sabor dessas frutas grandes e lindas não é muito bom. Uma semana depois, é outubro e ainda estão verdes.

    A pêra "August Dew" cria raízes melhor do que a macieira. É despretensioso de cuidar e dá frutos abundantes. As frutas são muito suculentas e saborosas. Adoramos compotas desta variedade, todos os anos cozinhamos com a nossa família.

    Apesar da declarada resistência à geada, nossas mudas congelaram no inverno, embora as tenhamos isolado o melhor que pudemos. É uma pena, agora não sabemos o que fazer.


    Cuidados com a planta

    No início da primavera, o solo do círculo do tronco é solto a uma profundidade de 15-20 cm, então as ervas daninhas são removidas e capinadas todos os meses até o outono. O cuidado com a pêra é o seguinte:

    1. rega regular
    2. poda sanitária
    3. fertilização
    4. tratamento preventivo de plantas contra doenças fúngicas e pragas.

    Rega

    A profundidade da irrigação do solo deve ser de pelo menos 80 cm. A pêra é regada abundantemente (15-30 baldes - dependendo da idade da planta), mas raramente (uma vez a cada duas semanas). A irrigação máxima é necessária em junho - julho, quando os frutos são derramados.

    Fertilização

    O fertilizante sob uma pêra é aplicado na queda em ranhuras circulares de 50 cm de profundidade, feitas ao redor da projeção da copa, ou em sulcos. O nitrogênio é alimentado apenas na primavera durante a escavação durante o período de maior crescimento do rebento. Fósforo e potássio (até 150 g) juntamente com matéria orgânica (cerca de 20-30 kg) são aplicados a cada 3-5 anos - tudo depende do estado do solo.

    Para aumentar a robustez do inverno e estimular o crescimento, a árvore é tratada duas vezes - na primavera e no outono com solução de uréia a 1%. Para proteger a casca, os ramos da pêra e o tronco são caiados na primavera com cal diluída em água.

    Peras caiadas - protegendo a árvore de doenças fúngicas

    Poda e modelagem de pêra

    A modelagem da pêra tem como objetivo principal a criação de brotos curtos, bem como ramos longos, especialmente de 2 a 3 anos de idade. A cada primavera, eles realizam uma poda sanitária da copa - com uma poda afiada cortam os brotos estragados, secos e podres.

    Para reduzir a taxa de crescimento dos brotos jovens no primeiro ano de vida, é feito pinçamento - para isso, restam 1-2 pontos de crescimento, os ramos restantes são removidos.

    A parte superior da coroa sempre permanece mais fina do que a camada inferior. No processo de formação, ramos muito grossos que engrossam a parte inferior da copa são cortados. Isso forma a primeira camada da coroa, estimula o crescimento de outros ramos. Os crescimentos de um ano com um botão apical jovem são deixados na árvore, os ramos com mais de 4 anos são removidos. No meio da copa sobram ramos de 2 e 3 anos, nos quais se formam os frutos. Se a frutificação for muito alta, alguns dos ovários são diluídos, o que afeta a qualidade e o tamanho da colheita futura.

    Forma de pera: camada esparsa (esquerda) e crescimento livre (direita)

    Para estimular o crescimento de novos botões de frutas, os brotos da pêra são dobrados para baixo e deixados para crescer na posição horizontal. Freqüentemente, os híbridos de peras subdimensionados são colocados em treliças de aço.

    Fortalecimento das filiais

    A madeira fina e frágil das peras jovens exige a formação de um suporte e, com uma colheita abundante, a proteção dos frutos de serem derrubados pelo vento. Para fazer isso, use suportes de madeira grossos de 2–4 metros de comprimento, posicionando-os em um ângulo em relação ao tronco. Outro método de fixação é com arame. Para o centro do tronco, com cuidado, sem danificar a casca e os frutos, dobre os galhos, prendendo-os com um arame entre eles e o tronco.

    Fortalecimento seguro de ramos de frutas de uma pêra

    Colheita

    Se as frutas da pêra não forem colhidas a tempo, podem esfarelar, amadurecer demais, o sabor se deteriora e a vida útil das frutas será reduzida. A duração do período de locação varia de 7 a 14 dias.

    Distinguir entre o amadurecimento removível e o amadurecimento do consumidor, ambos em diferentes variedades de verão que vão de julho ao final de agosto (início de setembro). No primeiro caso, os frutos estão prontos para uso (em termos de tempo) devido à máxima coloração da casca e obtenção da polpa com doçura e a necessária suculência e densidade. A maturidade do consumidor ocorre quando o sabor e o aroma característicos aparecem, mesmo que os frutos não tenham amadurecido e a colheita não tenha chegado.

    Doenças e pragas

    Ao contrário de muitas frutas de caroço, as peras não requerem proteção tão intensa contra pragas e doenças. As principais doenças que costumam afetar as plantas são sarna, bacteriose e melada. As medidas de controle mais eficazes são consideradas a pulverização profilática dos brotos, tronco e círculo do tronco da pêra 2-3 vezes por temporada com inseticidas e fungicidas modernos (estritamente de acordo com as instruções).

    Tabela: doenças da pêra

    Nome Agente causador Sinais Medidas de controle
    Sarna fungo Fusicladium pirinum Nas folhas, com o tempo e
    nas frutas, parece avermelhado
    manchas densas
    com flor aveludada, os frutos estalam
    e perder o sabor
    Na primavera - 1% Bordeaux líquido, Topázio,
    Fufanon
    outono - Topázio
    Oídio Podosphaera leucotricha Placa fúngica branca nas folhas e inflorescências, nas quais eles se enrolam em um tubo e morrem gradualmente Pulverizar com Fundazol ou solução de carbonato de sódio (60 g por balde de água) com adição de sabonete líquido (10 g).
    Moniliose (podridão da fruta) fungo Monilia fructigena Frutas apodrecem e se esfarelam, especialmente em tempo chuvoso Pulverização com preparações Fufanon, Aktofit
    Ferrugem fungo patogênico Gymnosporangium sabinae. Manchas laranja-acastanhadas aparecem nas folhas no final da primavera, no meio do verão nas frutas Na primavera - 1% líquido de Bordéus,
    preparações Kuproksat e Bayleton para irrigação de brotos e folhas
    Fungo fuliginoso O aparecimento de uma flor preta fuliginosa nas folhas e frutos Processando Fufanon, Fitoverm, Calypso
    Câncer negro Rachadura do tronco e ramos do esqueleto, seguida de infecção pelas fendas com doenças fúngicas A área afetada da casca é cortada, então o corte é tratado com sulfato de cobre e verniz de jardim

    Crosta (esquerda) e moniliose (direita) afetam frutas de pera

    Com o processamento oportuno, as folhas e os brotos das peras são reabilitados durante o verão.

    Oídio (esquerda) e ferrugem (direita) infectam brotos e folhas

    As pragas de pera mais comuns são os carrapatos, as mariposas, os pulgões e o mosquito-da-pêra. Alguns infectam a folhagem e os rebentos, outros destroem a colheita.

    Frutos e folhas de pera são danificados por pulgões (esquerda) e mariposas (direita)

    Mais eficaz para o controle de pragas:

    1. limpe a tempo a folhagem e os ramos secos da área
    2. pulverizar plantas com inseticidas biológicos complexos (Decis) e de contato (Zolon, Karbofos, Iskra)

    No mercado russo, existe uma grande seleção de medicamentos que visam controlar as pragas e eliminar as principais fontes de infecção por doenças da pera.


    As peras mais perfumadas da região de Moscou

    A pêra é injustamente rara nos jardins da Rússia Central. Mas dá frutos de forma constante, o rendimento é maior do que a macieira, você não deve nem discutir sobre o sabor. E a escolha de variedades para quase todas as zonas do nosso país é ampla hoje.

    Com sobriedade, avaliando as reais condições climáticas do seu jardim, o seu tamanho e as necessidades da sua família. O que pagamos em primeiro lugar? Isso mesmo, para resistência de inverno.

    Portanto, compilamos antecipadamente uma lista de variedades recomendadas para sua região. E lembre-se: uma variedade não resistente ao inverno é uma grande dor de cabeça (proteção não só contra geadas, mas também doenças e pragas ao máximo) e nenhuma colheita.

    Em segundo plano, temos a autofertilidade.

    O problema não é apenas que muitas variedades de pêra são autoférteis e exigem seleção competente de uma variedade polinizadora. Mesmo as variedades autoférteis fornecem o rendimento máximo se houver uma variedade no jardim que esteja próxima em termos de floração e frutificação. Não há como plantar várias variedades de peras, comprar mudas de várias variedades ou, melhor ainda, aprender a enxertar espécies de árvores. Hoje, o jardim de árvores não é a excentricidade de um jardineiro, mas uma realidade significativa.

    No terceiro plano - o tempo de entrada em frutificação.

    Concordo, é muito decepcionante esperar 5-7 anos, quando pelo menos algumas frutas aparecerão na pêra. Portanto, escolha variedades que comecem a dar frutos no 3-4 ou 4-5 anos após o plantio no jardim.

    O quarto é o rendimento. Mas este não é um fator tão importante para uma pêra, porque geralmente se distingue por sua multiplicidade. Mais frequentemente, surgem problemas no jardim com sobrecarga da colheita, quando é necessário salvar a árvore das quebras.

    Claro, o sabor da fruta é muito importante para nós.

    Não há camaradas para gosto e cor, mas há menos discordância sobre o cheiro quando se trata de frutas. Ou existe ou não existe. Mas se houver, é sempre agradável. A propósito, os criadores observam a relação entre olfato e paladar. Muitos provavelmente notaram que uma variedade odorífera é muito mais saborosa do que uma variedade sem aroma.

    A pêra é considerada a fruta mais perfumada do nosso clima. Até o marmelo é inferior a ela. Quanto mais brilhante for o aroma, mais se manifestam as propriedades curativas da pêra.

    Oferecemos as melhores variedades de pêra com aroma brilhante e sabor excelente.

    As 4 variedades de verão mais aromáticas:

    Duquesa de verão (Williams). A antiga variedade inglesa ainda é relevante para o sul da Rússia e o norte do Cáucaso. Grau de referência. Os frutos são de tamanho médio 170-180 g, a pele fina e perfumada torna-se amarela quando madura. A polpa suculenta de cor branca amarelada tem um aroma brilhante de noz-moscada. Excelente sabor de sobremesa.

    Rogneda. Uma variedade popular em jardins na zona média e especialmente na região de Moscou. Os frutos são de tamanho médio (cerca de 120 g), amarelos claros com um ligeiro rubor. A polpa desta pêra é sumarenta, oleosa, moderadamente densa, de bom gosto e com forte aroma a noz-moscada.

    A variedade se distingue pela alta robustez no inverno, resistência a doenças, maturidade precoce e alto rendimento.

    Orvalho de agosto. Recomendado para a região central da Terra Negra. Os frutos são de tamanho médio, amarelo-esverdeado com um ligeiro rubor. A polpa é branca, de grão fino, suculenta, de sabor agridoce, tenra, de aroma delicado.

    A variedade é resistente ao inverno, resistente a doenças, de crescimento rápido, frutífera, mas com baixo grau de autofertilidade.

    Lada. Amplamente distribuído na região Central, especialmente na região de Moscou. Os frutos são de tamanho médio (100-110 g), amarelos claros com um blush vermelho turvo. A ferrugem é perceptível apenas no pedúnculo. A polpa é branca-amarelada, moderadamente sumarenta e densa, de sabor agridoce, de aroma delicado.

    A variedade é resistente ao inverno, de maturação precoce, frutífera e resistente a doenças. Parcialmente autofértil.

    4 das variedades de outono mais perfumadas:

    O favorito de Yakovlev. Uma das melhores variedades para as regiões Central, Central da Terra Negra e Médio Volga. As frutas têm uma bela cor amarelo dourado com um leve bronzeado. A polpa cremosa possui um aroma específico de marmelo. O sabor é doce, sem adstringência.

    De alto rendimento e resistente ao gelo, afetado pela crosta.

    Simplesmente Maria. Recomendado para a Região Centro. Os frutos são grandes (180-200 g), de belas formas, de cor amarelo-esverdeado passando para uma tonalidade dourada com um ligeiro rubor desfocado. A polpa branca é oleosa, suculenta, macia, doce e azeda, com um aroma brilhante de bergamota. Ele até supera as variedades do sul em sabor. Os frutos ficam armazenados até janeiro.

    Resistente ao inverno, de crescimento rápido e resistente a doenças.

    Veles. Uma excelente variedade para as regiões Central, Central da Terra Negra e Médio Volga. Os frutos são de tamanho médio, bonitos, amarelo-esverdeados com um leve bronzeado laranja. A polpa cremosa é moderadamente densa, semi-oleosa, suculenta, de agradável sabor agridoce e delicado aroma de bergamota.

    A variedade é resistente à geada, resistente a doenças e de alto rendimento.

    Moscovita. Recomendado para as regiões Central, Volga-Vyatka e Médio Volga. Os frutos são de tamanho médio (120-130 g), amarelo-esverdeado com muitos pequenos pontos subcutâneos. Ferrugem em forma de manchas irregulares. A polpa é branca, firme, muito suculenta, semi-oleosa, com granulações junto ao coração. Sabor agridoce muito agradável e aroma forte.

    A variedade é de crescimento rápido, resistente a desastres climáticos e doenças. Auto-fértil, robustez média de inverno.

    As variedades de final de outono e inverno são muito atraentes, mas nas condições da região Centro são instáveis, muitas vezes a colheita não tem tempo de amadurecer. Além disso, quanto mais ao norte, mais tarde a colheita das peras amadurece. Assim, a variedade de pêra de verão em Memory of Yakovlev no sul da região de Moscou amadurece na terceira década de agosto, e no norte - na primeira ou segunda década de setembro, na região de Leningrado - no final de setembro.


    Assista o vídeo: O jardim e o jardineiro!!