Em formação

Fertilizante orgânico

Fertilizante orgânico


Fertilizante orgânico

O fertilizante orgânico é composto por fertilizantes derivados exclusivamente de substâncias naturais. Os elementos naturais que dão vida ao fertilizante orgânico podem ser de origem animal ou vegetal ou mista, ou seja, em parte vegetal e em parte animal. Após o uso desenfreado de fertilizantes químicos ou sintéticos, ou seja, inexistentes na natureza e derivados de processos de transformação industrial, surgiu um novo interesse pelos fertilizantes orgânicos ou naturais, também conhecidos como orgânicos. O fertilizante orgânico é muito procurado pelos consumidores privados, enquanto na agricultura em grande escala ainda é combinado com a fertilização química tradicional.


Vantagens

A fertilização orgânica tem vantagens indiscutíveis sobre a fertilização química, que agora acaba enfraquecendo os solos e tornando-os pouco férteis. Os fertilizantes orgânicos, de fato, desempenham duas funções importantes: uma nutricional e outra estrutural. O primeiro serve para permitir o crescimento das plantas por meio do fornecimento de nutrientes fundamentais, como nitrogênio, fósforo e potássio, o segundo, para melhorar a qualidade e a fertilidade do solo. A função estrutural do fertilizante orgânico às vezes é superior ao nutricional porque as substâncias fertilizantes se ligam mais facilmente ao solo do que à planta, nutrindo-o e tornando-o adequado para o cultivo. Esse mecanismo explica porque o fertilizante orgânico é fortemente recomendado no preparo do solo para o plantio de novas safras ou novas plantas. No fertilizante orgânico a fração nutricional é absorvida pelas raízes da planta, enquanto a fração estrutural permanece fixada no solo, melhorando e corrigindo sua composição química e física. Melhorar a composição físico-química do solo torna as plantas mais saudáveis ​​e mais resistentes a doenças.


Tipos

Conforme a substância de origem e conforme já mencionado no primeiro parágrafo, o fertilizante orgânico pode ser vegetal, animal ou misto. Entre os fertilizantes orgânicos animais lembramos o esterco, o chorume zootécnico, o sangue seco de animais abatidos, entre os fertilizantes vegetais lembramos o composto, a cinza de madeira, o bagaço, enquanto entre os fertilizantes mistos, ainda o composto (se inclui também restos de animais) e fezes. Este último é, na verdade, um fertilizante semi-orgânico porque é derivado do processamento industrial de dejetos de gado. A fertilização com esterco e chorume perdeu sua utilidade devido às desvantagens ambientais que pode causar durante o processo de fertilização. O esgoto fresco tem a desvantagem de ser difícil de absorver pela planta e pelo solo e de poluir os aquíferos, bem como a desvantagem de emitir odores ruins, enquanto o esterco, ou mesmo esterco de gado seco, não garante a ausência de pesados metais de dejetos animais, que também são alimentados com suplementos não naturais. Além disso, o esgoto não permite uma distribuição uniforme do fertilizante no solo e nem mesmo a dosagem correta de macroelementos (nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio) e microelementos (ferro, zinco, etc.). O nitrogênio do esgoto é dispersa-se muito facilmente, tanto no ar como no solo, enquanto apenas o fósforo e o potássio são assimiláveis. Para aumentar a absorção do nitrogênio pelas plantas e pelo solo, utiliza-se esterco maduro ou seco, que é mais simples e menos caro de distribuir, permite uma liberação lenta e melhor absorção dos nutrientes, com a vantagem de não emitir odores ruins. O esterco maduro, também transformado em pellets, é muito utilizado na fertilização de jardins. O produto, vendido em embalagens de um quilo, vem acompanhado de todas as indicações para uma boa distribuição no solo durante a fase de plantio (primavera) ou no outono, quando é necessário plantar as novas mudas. O pellet derivado do estrume também pode ser usado para vasos de plantas, misturando-o com solo de jardim e solo superficial.


Composto

O composto vem da transformação e fermentação orgânica de resíduos e materiais residuais. Este produto também pode ser utilizado como fertilizante orgânico e pode ser obtido pela compostagem de restos de frutas e vegetais, folhas e flores secas, restos de madeira, café, cinzas e excrementos animais. Nenhum resto de plástico, ossos, borracha, materiais sintéticos, cinzas de carvão ou sacos de aspirador de pó devem ser adicionados ao composto. Para equilibrar a composição de nitrogênio e carbono, o composto deve ser obtido combinando resíduos verdes e úmidos com materiais secos e secos. Para facilitar a obtenção do composto, também podem ser adicionadas aparas ou farinha de rocha e argila. O material deve ser picado até formar uma pilha e coberto com uma camada de palha ou grama cortada, para protegê-lo da luz e facilitar a entrada de ar que ajuda as bactérias a se decomporem. Após cerca de seis meses, o composto pode ser usado como fertilizante orgânico para fertilizar vasos de plantas e vegetais e para preparar o solo de semeadura. Depois de um ano, o mesmo composto pode ser usado para melhorar a estrutura do solo e enriquecê-lo com húmus.


Fertilizante orgânico de bagaço

Mesmo os resíduos da extração do azeite, bagaço, são usados ​​para obter um fertilizante orgânico. A substância é borrifada com um líquido biológico e depois armazenada por cerca de três meses em local não ventilado para facilitar a fermentação. O fertilizante obtido é utilizado na agricultura para melhorar a estrutura do solo e nutrir as plantas, apresentando resultados decididamente superiores à fertilização química. No mercado também existem fertilizantes orgânicos derivados exclusivamente de substâncias vegetais. Estes produtos são adequados para fertilizar a horta e as plantas aromáticas em vasos.




O Fertilizante Orgânico KING Multipack 4Kg da Agribios é um fertilizante orgânico de excelência extremamente inovador. A sua formulação especial, à base de substância orgânica humificada 100% orgânica, micorrizas e bactérias da rizosfera, o torna um fertilizante único no seu género capaz de se nutrir de forma extremamente potente e ao mesmo tempo induzir uma maior resistência da planta ao stress térmico, à água, ataques de parasitas e doenças fúngicas,

Com um conteúdo em carbono orgânico (C) na matéria seca igual a 32% e carbono húmico e fúlvico de 10%. KING representa um excelência na área de fertilizantes. Um fertilizante que nasceu da colaboração da Agribios com importantes institutos de pesquisa que não contém elementos minerais sintéticos.

PERMITIDO NA AGRICULTURA ORGÂNICA.


Vantagens Orga Life em comparação com fertilizantes tradicionais

BOTTOS DE QUALIDADE GARANTIDA

Desde 1848, a Bottos é uma empresa italiana líder na produção de sementes e fertilizantes profissionais para relva. Produtos de alta qualidade adequados para cobrir todas as necessidades: do aquarista apaixonado à manutenção profissional da vegetação.


Fertilizante orgânico: o que são

O fertilizante orgânico é de tipos e características muito diferentes, dependendo de sua origem.
Ele também pode se apresentar como fertilizante orgânico líquido ou caber granular.
Os mais comuns são:

  • Estrume, ou estrume, isto é, os excrementos de animais de fazenda, em particular aqueles de celeiros, como o nome sugere, principalmente gado e cavalos. É um dos fertilizantes orgânicos mais usados ​​na agricultura e também está disponível na versão seca, muito útil para a horta orgânica ou plantas cultivadas em vasos na cidade. A porcentagem de nutrientes varia muito, dependendo da espécie a partir da qual o fertilizante orgânico.
  • Guano, proveniente das fezes de morcegos, aves marinhas e focas, que com o tempo secaram e se acumularam em depósitos. As principais áreas de origem deste fertilizante rico em nitrogênio, fósforo e potássio são Chile e Peru.
  • Mastro, feito de penas e penas de aves domésticas e de criação. É uma excelente fonte de nitrogênio orgânico e carbono biológico.
  • Refeição de sangue, produzido pelos resíduos do abate de animais. Possui grande quantidade de fósforo e é desprovido de outros macroelementos, mas contém outros elementos secundários importantes como ferro, enxofre e cálcio.
  • Cornunghia, obtido a partir de chifres e cascos de animais vindos do matadouro, que são secos e depois pulverizados. É um fertilizante orgânico de liberação lenta, rico em nitrogênio e fósforo.
  • Húmus, resultado da transformação pelas minhocas da matéria orgânica presente no solo, que é digerida e convertida em um fertilizante orgânico rico em nitrogênio, fósforo, potássio e carbono.
  • Freixo de madeira, obtido através da queima da lenha utilizada no aquecimento da lareira ou recuperador de calor. Fornece boas doses de fósforo, potássio, cálcio e magnésio, cujas percentagens variam de acordo com o tipo de madeira utilizada.
  • Borlanda Seco, uma fertilizante pouco conhecido e especialmente útil para o fertilização dos vinhedos, que deriva da fermentação e destilação do melaço de beterraba, subproduto do processamento da sacarose. Contém grandes quantidades de nitrogênio, potássio e pequenos vestígios de microelementos.


Estrume orgânico peletizado estrume: doses

Preparação do solo fertilizado:

4-6 kg de Hortyflor® por m3 de solo solto, turfa ou solo pré-estabelecido, mas não fertilizado (todos os quais também podem conter material inerte que confere porosidade).

Fertilização básica para enriquecer o solo:

0,250 kg por m2 igual a 2500 kg por hectare.

Preparação do solo fertilizado: n

4-6kg de Hortyflor u00ae por m3 de solo solto, turfa ou solo já pré-estabelecido mas não fertilizado (podendo também conter material inerte que confere porosidade). n

Fertilização básica para enriquecer o solo: n

0,250 kg por m2 igual a 2500 kg por hectare. "," description_short ":"

Especial para Hortaliças-Frutas-Flores-Canteiros-Sebes, ótima para fertilização básica, em pré-semeadura e pré-transplante. n

  • Estado físico: pelota cilíndrica homogênea com diâmetro médio de 3-4 mm e comprimento médio de 5-7 mm. n
  • Húmus de aproveitamento direto, derivado exclusivamente da mistura e umidificação de estrume selecionado (estrume bovino e avícola) que foi submetido a um processo de fermentação / umidificação por 9 meses. n
  • É um dos produtos mais completos do mercado hoje, pois alia um elevado aporte de nutrientes a uma notável ação para a melhoria geral da estrutura e fertilidade do solo. n
  • Graças ao processo de umificação tem um percentual reduzido de celulose e lignina, já transformada diretamente em húmus. n
  • Não sofreu nenhum processo de secagem artificial (com uso de forno ou ar quente), portanto é rico em carga microbiana útil para a vida do solo. n

O conselho do agrônomo n

Usar ideal em jardins, para a fertilização de relvados, canteiros, sebes, canteiros de flores. Ele atua como um suplemento para o solo antes do replantio ou transplante. "," available_now ":" "," available_later ":" "," id ": 745," id_product ": 745," out_of_stock ": 2," new ": 0," id_product_attribute ":" 0 "," quantity_wanted ": 1," extraContent ": [<" title ":" Críticas "," content ":"


Vídeo: ESSE ADUBO VAI FAZER SUA PLANTA CRESCER RÁPIDO!!